Agrimônia: benefícios e propriedades medicinais

A agrimônia (Agrimonia eupatoria) é uma planta medicinal também conhecida como agrimony (inglês). Inclui os sinônimos botânicos A. pilos, A. gryposepala e A. striata. Pertence a família das Rosáceas.

Benefícios da agrimônia

A agrimônia é composta de polissacarídeos, flavonoides, vitaminas B e K, além de ferro. É um valioso remédio para o sistema digestivo, vez que estimula as secreções digestivas do fígado. Na medicina popular chinesa, o chá é utilizado para parar conter o fluxo menstrual excessivo. Na Europa, era popular no tratamento de feridas, sendo ingrediente da fórmula medicinal Eau de Arquesbusade. O consumo do chá de eupatória melhora os marcadores de inflamação, estresse oxidativo e metabolismo lipídico em indivíduos saudáveis.

A planta também possui forte potencial antioxidante e anti-inflamatório. Contudo, os efeitos do consumo de chá de agrimônia não são cientificamente comprovados em humanos. Em estudos com voluntários saudáveis, foi notado que o chá melhorou os níveis de lipoproteína de alta densidade (HDL), ou seja, houve aumento de colesterol bom. Os resultados apresentados neste estudo primeira intervenção humana com a suplementação de A. eupatória indicam que a planta tem potencial em melhorar os marcadores do metabolismo lipídico, estado oxidativo e inflamação em adultos saudáveis.

Quando usada internamente ou externamente, ajuda na coagulação sanguínea. Também é utilizada na forma de lavagem em contusões, deslocamentos, urticárias e doenças oculares. Gargarejo para dores de garganta. Para diarreias e hemorroidas, é usada como um supositório. Quando aplicada para lavar feridas, pode incorrer em um maior fluxo de coagulação sanguínea, agindo como um bálsamo que ajuda a melhorar a cicatrização de feridas e contusões.

Contraindicações e efeitos colaterais da agrimônia

Não deve ser utilizada durante a gravidez ou quando a pessoa está gripada. Doses altas podem reduzir o ritmo das batidas do coração.

História e curiosidades

O nome agrimônia é de origem grega e anglo-saxônica. O primeiro uso desta erva medicinais foi no tratamento de problemas oculares. O nome da espécie, eupatoria, se refere a um antigo Rei Persa, Mithrades Eurapator, um herborista renomado na antiguidade. Já foi usada em combinações para a produção de tintura amarela.

Referências:
Ivanova, Diana, Deyana Vankova, and Milka Nashar. “Agrimonia eupatoria tea consumption in relation to markers of inflammation, oxidative status and lipid metabolism in healthy subjects.” Archives of physiology and biochemistry (2013).
Agrimoni eupatoria herb, also known as Agrimony. Acetyl l-Carnitine.
Arch Physiol Biochem. 2013.
Enciclopedy of Life.
Herbal Medicinals: A Clinician’s Guide.

Comentários

Comentar