Remédios naturais para aliviar dores nos joelhos

As dores nos joelhos podem surgir devido ao desgaste da articulação, ao excesso de peso ou às lesões esportivas, sendo que a maioria das pessoas em algum momento de suas vidas irá experimentar dores nos joelhos. Segundo várias pesquisas, a porcentagem de praticantes de corrida que já sofreram alguma lesão no local é de aproximadamente 90%.

Remédios naturais para aliviar dores nos joelhos

A prática de esportes, exercícios e outras atividades podem causar dores musculares e problemas mais graves, incluindo cisto de Baker, osteoartrite, tendinite e lesões mais graves nos ligamentos e cartilagens. Nestes casos, os sintomas devem ser diagnosticados por meio de exames médicos de raio x e tomografia. Para algumas pessoas, as dores nos joelhos podem ser tão graves que limitam as atividades diárias básicas, ocasionando em efeitos colaterais como ganho de peso e, em decorrência do mesmo, há uma maior sobrecarga dos joelhos.

Alguns medicamentos naturais que atuam como anti-inflamatórios e analgésicos podem ser muitos úteis para pacientes que desejam aliviar dores nos joelhos. Muitos deles possuem comprovações científicas quanto a sua eficácia.

Sucupira

Sementes de Sucupira
Sementes de Sucupira

A sucupira é uma árvore medicinal brasileira e suas sementes são amplamente usadas em diversos tratamentos. É amplamente usado para aliviar dores nas costas, joelhos e articulações. Também é usada no tratamento do reumatismo, artrose e artrite. A semente contém os princípios ativos da planta é pode ser usada na forma de extrato seco em cápsulas ou em óleo. O óleo de sucupira é obtido por meio da extração da casca e das sementes, e é popularmente utilizada devida as suas propriedades anti-inflamatórias e analgésicas.

Garra-do-diabo

Garra-do-diabo - Harpagophytum procumbens
Garra-do-diabo – Harpagophytum procumbens

A garra-do-diabo possui propriedades anti-inflamatórias e é indicada para pessoas que sofrem de artrose, artrite, tendinite, dores na coluna ou fibromialgia, proporcionando alivio das dores e incômodos causados por essas doenças. Pessoas que tomam a garra do diabo podem diminuir as doses dos medicamentos que usam para dor.

Copaíba

Copaíba - Copaifera spp.
Copaíba – Copaifera spp.

A copaíba é uma árvore de grande porte encontrada principalmente na Floresta Amazônica e o seu óleo é utilizado no tratamento de mais de 50 doenças e condições de saúde, incluindo o combate à artrite. O óleo pode ser aplicado topicamente para combater o reumatismo e aliviar dores musculares.

Cloreto de magnésio

Cloreto de Magnésio
Cloreto de Magnésio

O cloreto de magnésio é um composto químico de magnésio e cloro. É um componente essencial para o bom funcionamento do nosso organismo, vez que o magnésio é considerado como o mineral do rejuvenescimento e impede a calcificação dos nossos órgãos e tecidos que são características da velhice relacionadas à degeneração do organismo.

Gengibre

Gengibre - Zingiber officinale
Gengibre – Zingiber officinale

O extrato de gengibre bloqueia a ativação de mediadores inflamatórios. Aproximadamente 75% dos pacientes com dores articulares apresentam alívio da dor e diminuição do inchaço.

Referências:
Kikuchi, Motoo, et al. “Bibliographical investigation of complementary alternative medicines for osteoarthritis and rheumatoid arthritis.” Geriatrics & Gerontology international 9.1.
Felsby, S., et al. “NMDA receptor blockade in chronic neuropathic pain: a comparison of ketamine and magnesium chloride.” Pain 64.2 (1996): 283-291.
Leblan, D., P. Chantre, and B. Fournie. “Harpagophytum procumbens in the treatment of knee and hip osteoarthritis. Four-month results of a prospective, multicenter, double-blind trial versus diacerhein.” Joint, bone, spine: revue du rhumatisme 67.5 (2000): 462-467.

Comentários

Comentar