Anemia causada por deficiência de vitamina B12

A vitamina B12 é fundamental para o metabolismo do organismo, essencial para o bom funcionamento do sistema nervoso central e periférico. A anemia causada pela deficiência de vitamina B12 ou B9 (comumente chamada de folato) faz com que o corpo produza hemácias (glóbulos vermelhos, constituídos basicamente por globulina e hemoglobina) anormalmente grandes que não funcionam normalmente, reduzindo sua quantidade na corrente sanguínea.

O que é a anemia?

Os glóbulos vermelhos levam oxigênio ao redor do corpo usando uma substância chamada hemoglobina. Anemia é um termo geral e consiste no fato da pessoa ter menos glóbulos vermelhos do que o normal ou ter uma quantidade de hemoglobinas anormalmente baixa. Existem diversas causas, que determinam o tipo (anemia ferropriva por exemplo, que ocorrem devido a carência de ferro no organismo). A anemia megaloblástica é causada pela deficiência de vitamina B12, que ocorre devida a baixa contagem de hemácias pela pouca quantidade desse nutriente no organismo.

Sintomas da anemia perniciosa (deficiência de vitamina B12)

A anemia perniciosa é geralmente causada por atrofia gástrica e destruição das células parietais responsáveis pela secreção de ácido clorídrico e do fator intrínseco, causados pela pouca absorção da vitamina B12 no intestino delgado. Além dos sintomas da anemia comum, como sonolência, fraqueza, palidez, dor de cabeça e problemas circulatórios, o paciente ainda sente ardência na língua ao ingerir frutas ou sucos ácidos e sensação de fisgada sob a pele.

Os sintomas aparecem de forma gradual, vez que o fígado é capaz de armazenar a vitamina B12 por até três anos, motivo pelo qual é difícil diagnosticar pacientes anêmicos. É importante a realização de uma consulta médica assim que os primeiros sintomas forem aparecendo para que o diagnóstico seja eficiente.

Qual é o grupo de risco para contrair anemia?

A anemia é um problema muito comum em pessoas vegetarianas e veganas, vez que cerca de 50% dos que adotam esse tipo de alimentação a muito tempo possuem deficiência de vitamina B12, visto que é um nutriente de origem animal, sendo encontrada em carnes, ovos e leites, por exemplo. O uso prolongado de pílulas anticoncepcionais também é apontado como uma das causas da anemia perniciosa.

Outro grupo de risco muito comum são os idosos, que possuem maior chances de desenvolver uma atrofia da mucosa do estômago, dificultando a absorção da vitamina. Pacientes que fazem uso de medicamentos como omeprazol, ranitidina e metiformina também podem ser afetados, vez que tais medicamentos diminuem a produção de suco gástrico.

Como prevenir o aparecimento da anemia?

Para evitar o problema, o ideal é consumir diariamente cerca de 4 microgramas de vitamina B12. As principais fontes são animais, contudo, a suplementação oral é a opção ideal. Em todos os casos, devem ser evitados alimentos industrializados, bebidas alcoólicas, cigarro, refrigerantes, fast foods e alimentos gordurosos.

Respeitar horários regulares para a alimentação também é essencial. Uma dieta balanceada e composta basicamente de vegetais verde-escuros, cereais integrais e frutas frescas proporciona inúmeros benefícios.

Referências:
Futterleib, Alexandre, and Karen Cherubini. “Importância da vitamina B12 na avaliação clínica do paciente idoso.” Scientia Medica 15.1 (2005): 74-78.
Deficiência de vitamina B12 pode levar a quadro de anemia e outros sintomas. Guilherme Renke. Médico pela Universidade Estácio de Sá, com pós-graduação em Cardiologia pelo Instituto Nacional de Cardiologia INCL RJ e Endocrinologia pela IPEMED. Globo Esporte.
Mills, James L., et al. “Low vitamin B-12 concentrations in patients without anemia: the effect of folic acid fortification of grain.” The American journal of clinical nutrition 77.6 (2003): 1474-1477.

Comentários

Comentar