Coco: benefícios e propriedades medicinais

O coqueiro (Cocos nucifera) é a única espécie do gênero Cocos, uma palmeira de grande porte que atinge até 30 metros altura. Pertence a família Areceae.

Benefícios do coco

A medicina alternativa reconhece as propriedades do coco há mais de 4.000 anos e o utiliza em suas diversas formas para tratar uma variedade de problemas de saúde e nutrir o corpo. Possui propriedades para combater abscessos, afecções respiratórias, angina, asma, artrite, bronquite, cistite, colesterol alto, cólicas abdominais, desnutrição, diarreias, dores comuns, falta de apetite, febre, icterícia, inflamação do canal da uretra, irritações gastrointestinais, pele seca e danificada, tosse, úlceras gástricas, dentre outros.

O coco é rico em antioxidantes, que ajudam o organismo a combater radicais livres, retardar os efeitos do envelhecimento, reduzir a flacidez da pele, melhorar a visão deficiente e a baixa densidade óssea.

Benefícios do óleo de coco

Óleo de coco
Óleo de coco
O óleo de coco é comprovadamente benéfico para pele seca e danificada, seja para deixar a pele com aspecto mais saudável, seja para auxiliar na cicatrização. Também é um excelente remédio natural para queimaduras, cortes contusões e até mesmo para a recuperação (cicatrização) de ossos quebrados. Da mesma forma, o pode proporcionar inúmeros benefícios para a saúde do coração, vez que a gordura do coco é diferente de outras gorduras saturadas e é composto por ácidos graxos de cadeia média. Adicionado a dietas, o óleo de coco aumenta a energia, equilibra os hormônios, estimula a glândula tireoide e aumenta a atividade do metabolismo, ajudando a liberar energia e promover a perda de peso. O óleo de coco pode ser usado inclusive no preparo de alimentos.

Tratamento de pele

O óleo de coco é comprovadamente benéfico para pele seca e danificada, seja para deixa-la com aspecto mais saudável ou para auxiliar na cicatrização. Também é um excelente remédio natural para queimaduras, cortes, contusões e até mesmo para a recuperação (cicatrização) de ossos quebrados. O óleo de coco constitui uma barreira protetora para manter a umidade e penetrar nas camadas mais profundas da pele para ajudar a manter os tecidos conjuntivos fortes e flexíveis. Como é facilmente absorvido pela pele, ajuda a reduzir a aparência de linhas finas e rugas. Além disso, auxilia na esfoliação da camada externa de células mortas da pele, tornando a pele mais lisa.

Perda de peso

Os estudos relacionados aos benefícios do óleo de coco para a saúde do coração ainda não são conclusivos. Durante a década de 1980 a American Heart Association (Associação Americana do Coração) declarou que o óleo de coco saturado era rico em gordura prejudicial para a saúde cardiovascular. Outras pesquisas publicadas posteriormente afirmaram que a gordura do fruto é diferente de outras gorduras saturadas, vez que é composto por ácidos graxos de cadeia média.

Benefícios do leite de coco

Leite de coco
Leite de coco
O leite de coco é um ingrediente comum na culinária de países do Caribe, Tailândia, Sri Lanka e sul da Índia. É rico em vitaminas e minerais essenciais, incluindo vitamina A e E, potássio e cálcio. Pode ser um substituto para o leite sem lactose, além de poder ser usado na panificação e facilmente usado no preparo de cereais, temperos, sopas e doces. Além disso, é bom para a saúde da pele e dos cabelos, sendo amplamente utilizado como base em muitos cosméticos e produtos naturais, tais como óleos capilares e cremes hidratantes.

Também possui ácido láurico, substância que confere propriedades contra fungos, vírus e bactérias. É ótimo para combater infecções e auxiliar na digestão. Apesar do fato do leite de coco conter gorduras saturadas, também ajuda na perda de peso. vez que sua gordura é composta de ácidos graxos de cadeia média, que fazem com que o corpo a converta em energia ao invés de armazená-la como gordura.

Por que beber água de coco?

A água de coco é o líquido doce hidratante encontrado dentro da fruta fresca, e não pode ser confundida com seu óleo. Além de açúcares naturais, possui um conjunto composto de vitaminas e minerais, o que a torna uma bebida saudável, sendo também rica em potássio, cloretos, cálcio e magnésio, e possui uma pequena quantidade de sódio, açúcar e proteínas, sendo livre de gordura. Embora o conteúdo mineral permaneça praticamente constante, o açúcar e as concentrações de proteína aumentam à medida que a fruta amadurece.

O gosto da água varia de acordo com a maturidade da fruta. A água do coco verde é considerada como a melhor em sabor e qualidade em comparação ao fruto maduro. Mesmo as pequenas ilhas mais remotas do mundo possuem coqueiros, vez que as frutas que boiavam no mar chegaram a tais ilhas.

Muitas vezes, a água de coco é o único líquido potável disponível, recebendo por esse motivo o apelido de “água da vida”, vez que já ocorreram inúmeros relatos de náufragos que sobreviveram bebendo tal líquido.

Contraindicações e efeitos colaterais da água de coco

Quando consumido em quantidades moderadas, não causa efeitos colaterais.

Referências:
Lichtenstein AH, Appel LJ, et al; American Heart Association Nutrition Committee. Diet and lifstyle recommendations revision 2006: a scientific statement from the American Heart Association Nutrition Committee. Circulation. 2006;114:82-96
Marina AM, Che Man YB, et al. Chemical properties of virgin coconut oil. J Am Oil Chemists Soc. 2009;86:301-307.
Enig, Mary G. PhD. Health and Nutritrional Benefits from Coconut Oil, Price-Pottenger Nutritrion Foundation Health Jornal, 1998, 20:1:1-6.

Comentários

11 Comentários

  1. Bom dia !
    Estou tomando água de casca e polpa de coco para labirintite!
    Realmente faz efeito mesmo! Além disso baixou a taxa de glicose!

  2. cada vez que tomo agua de coco me da retençao de urina, incho muito e da infecçao de urina grave

  3. ana lucia diniz

    adorei a reportagem sobre agua de coco, gostaria de saber qual quantidade diaria da agua o hipertenso pode tomar?

  4. Gustavo Serrano

    A ingestão de oleo de coco pode ser feita por pessoas com triglicerideos alto???

  5. Line Guima

    Agradeço a este site por me esclarecer os benefícios desta fruta maravilhosa,q além de saúdavel é deliciosa.
    Parabéns pelo o artigo obrigado!

  6. ja usei agua de coco nos cabelos e a gora uso o oleo, retificando a msg anterior,obg

  7. eu ja usei a agua do coco, e agora uso o oleo de coco natural da crescimento muito bom.bjs

  8. Ana Lucia

    Olá pessoal, simplesmente ótimo este site, gostaria de saber qual a dosagem certa de óleo de coco por dia, para perda de peso?

    Réplica – Olá Ana Lúcia, obrigado pelo prestígio. Muitos nutricionistas recomendam de 1 a 2 colheres de sopa por dia, podendo misturar no iogurte, suco ou na vitamina.

  9. Rosalia Pedrosa

    Oi gente,
    Foi e é valioso estar em contato com vocês, sempre com assuntos e artigos importantes. Grata. Rosalia.

  10. Rosalia Pedrosa

    Srs.
    Deixei de informar este assunto por ter duvidas. Li no site ednatureza que o leite de coco traz muitos beneficios, e ainda faz engordar, para mim tudo bem, até porque preciso ganhar peso. Acontece que lí tambem no site medicinaisplantas que o referido leite ajuda a perder peso, e agora? Qual informação posso aceitar? Grata. Rosalia.

    Réplica – Pesquisas recentes concluíram que o coco, apesar de possuir gorduras saturadas, é muito útil na perda de peso. Veja abaixo:

    “Se existe uma fruta que dá calafrios em quem quer emagrecer, ela se chama coco. O máximo que as pessoas às voltas com a balança se permitem é beber da sua água. Esse, porém, é um grande equívoco. Verdade seja dita: trata-se de um alimento gorduroso. Mas, por mais paradoxal que pareça, é justamente por isso que ajuda a eliminar medidas. Inúmeras pesquisas demonstram a importância da gordura de coco no emagrecimento, afirma a nutróloga Tamara Mazaracki, do Rio de Janeiro. Uma delas, publicada no International Journal of Obesity and Related Metabolic Disorders, revista científica da Associação Internacional para o Estudo da Obesidade, aponta que algumas de suas moléculas gordurosas estão relacionadas à redução do peso corporal e à perda significativa de pneuzinhos.”

    Esta matéria foi publicada pela revista “Saúde!”, da Editora Abril.

Comentar