Efeitos da curcumina no combate ao câncer

A curcumina é um dos fitoquímicos ativos encontrados em plantas das espécies de Zingiberaceae, incluindo vegetais como gengibre, açafrão e açafrão-amarelo (Curcuma longa).

Benefícios da curcumina no combate ao câncer

A curcumina é um pigmento que ocorre naturalmente e é um princípio ativo do açafrão-da-Índia (Curcuma longa). A atividade da curcumina no combate ao câncer ainda não foi confirmada por meio de estudos científicos completos em humanos, contudo, em testes pré-clínicos em animais, a curcumina demonstrou atividades quimiopreventivas, e anti-inflamatórias e antineoplásicos (medicamentos utilizados para destruir neoplasmas ou células malignas e que possuem a finalidade de evitar ou inibir o crescimento e a disseminação de tumores).

A curcumina demonstrou efeito na capacidade de prevenir a formação de substância cancerígena intestinal induzida por lesões pré-malignas e malignas em ratos. Além disso, a curcumina suprime uma série de elementos-chave na indução do sinal de celular responsável pelo crescimento, diferenciação e transformação maligna.

Dietas VS aparecimento de cânceres

O câncer colorretal é a principal causa de morte por câncer nos países ocidentais e representa cerca de 15% de todos os cânceres. A etiologia do câncer de cólon é multi-fatorial e complexa, mas a dieta é um dos fatores importantes para provocar e prevenir cancros. O consumo excessivo de gordura animal é associado a um aumento na taxa de câncer de cólon, enquanto um consumo frequente de vegetais e frutas, devido à presença dos componentes bioativos em tais alimentos, diminui o risco de cânceres humanos.

Contudo, a dieta por si só não é capaz de prevenir a incidência do aparecimento de cânceres em pessoas de alto risco. Esta observação levou à investigação focalizou agentes quimiopreventivos, especialmente as obtidas com dietas. Recentemente, pesquisas têm sido focadas na identificação de fitoquímicos dietéticos que têm a capacidade de inibir a formação de câncer e têm demonstrado que extratos de plantas ou alguns dos seus ingredientes possuem efeitos inibitórios contra a carcinogênese quimicamente induzida.

Baixa incidência de câncer e consumo de curcuma

Na Índia, a taxa de incidência de cânceres de intestino grosso e delgado é baixa comparada a outras países, porém, o câncer retal é mais comum, em comparação com câncer de cólon. Esta baixa incidência de câncer de cólon em indianos pode ser devido ao alto consumo de amido e à presença de antioxidantes naturais, tais como a curcumina, utilizada amplamente como especiaria na culinária indiana, que pode se relacionar estritamente com os baixos índices de câncer de intestino na população local.

A curcumina é uma alternativa aos anti-inflamatórios?

A curcumina não é simplesmente uma alternativa para anti-inflamatórios não esteroides (AINE), vez que também possui propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas. A curcumina regula os níveis de COX-2. Em um estudo realizado para avaliar o efeito da curcumina sobre o metabolismo e a ação do ácido araquidônico na epiderme de ratos, verificou-se que a aplicação tópica de ácido araquidônico e curcumina inibiu a inflamação de ouvido induzida.

Referências:
Curcumin in various cancers. Adeeb Shehzad, Jaetae Lee, Young Sup Lee. BioFactors. Jan 2013, Vol. 39, No. 1: 56-68
Anticancer potential of curcumin: preclinical and clinical studies. Aggarwal, Bharat B., Anushree Kumar, and Alok C. Bharti. Anticancer res 23.1A (2003): 363-398.
Arjuna Natural Extracts

Comentários

Comentar