Benefícios do ginseng para emagrecer e controlar o diabetes

A medicina popular atribui vários benefícios para o uso oral das raízes de ginseng-asiático (Panax ginseng) e ginseng-americano (Panax quinquefolius). Atualmente, pesquisadores estudam as propriedades do ginseng para emagrecer, combater a obesidade e controlar o diabetes mellitus. Os ginsenosídeos, componentes ativos da planta, possuem efeitos antidiabéticos e anticancerígenos.

Benefícios do ginseng para emagrecer

Um estudo realizado pelo Phytotherapy Research Journal determinou que o ginseng e rico em ginsenosídeo RG3, que possui a capacidade de diferenciar células que armazenam energia em forma de gordura. Os resultados mostraram que o ginsenosídeo RG3 inibe efetivamente essa diferenciação, tornando as células menos capazes de completar o processo de armazenamento de gordura. Também pode ajudar a estimular a perda de peso afetando a forma como o corpo metaboliza hidratos de carbono.

As saponinas encontradas nas raízes do ginseng são a chave para a perda de peso. O efeito anti-obesidade das saponinas ocorre porque elas servem para normalizar os neuropeptídeos hipotalâmicos e bioquímicos séricos relacionados com o controle de ganho de peso. As saponinas podem inibir a lípase pancreática, enzima responsável pelo processamento da gordura. Desta forma, menos gordura é digerida e armazenada em forma de gordura corporal. As saponinas também inibem as elevações de triacilglicerol. Com administração a longo prazo de saponinas, o peso do tecido adiposo pode ser diminuído.

Benefícios do ginseng para o tratamento natural do diabetes

Em um estudo clínico randomizado publicado no Journal of the American College of Nutrition, pesquisadores procuraram fornecer evidências de eficácia e segurança no uso da erva para diabetes. A variedade americana é útil para melhorar o controle do diabetes e reduzir fatores de risco associados, tais como hiperlipidemia e hipertensão, além de melhorar a resistência à insulina. Eles também descobriram que o Panax quinquefolius atua no trato digestivo para aumentar a secreção de insulina.

Pesquisadores reconhecem a longa história de uso do ginseng como um remédio herbal natural para diabetes e investigaram o efeito e mecanismo da variedade vermelha na estimulação da liberação de insulina em ratos. Foi relatado no Journal of Ethnopharmacology que o extrato de ginseng estimulou significativamente a libertação de insulina em comparação com o grupo controle.

O Journal of Evidence Based Complementary and Alternative Medicine relatou que estudos mostraram que a variedade americana aumenta a produção de insulina e reduz a morte celular em células pancreáticas beta. Eles observam que outros estudos têm revelado a capacidade do Panax quinquefolius para reduzir a glicemia em pacientes com diabetes mellitus tipo II, bem como em animais com diabetes induzida.

Referências:
Natural News.
Asian gin.Steven D. Ehrlich, NMD, Solutions Acupuncture, a private practice specializing in complementary and alternative medicine, Phoenix, AZ. Review provided by VeriMed Healthcare Network. University of Maryland Medical Center.
Luo, John Zeqi, and Luguang Luo. “American Gin Stimulates Insulin Production and Prevents Apoptosis through Regulation of Uncoupling Protein-2 in Cultured Β Cells.” Evidence-based Complementary and Alternative Medicine 3.3 (2006): 365–372. PMC. Web. 13 Dec. 2015.

Comentários

Comentar