Remédios naturais para o tratamento da impotência sexual

Impotência Sexual - Disfunção Erétil

Várias ervas podem ser alternativas naturais para curar a impotência (disfunção erétil).

A impotência sexual, também chamada de disfunção erétil (disfunção erectil, em Portugal), é o nome que se dá a incapacidade do homem de manter uma ereção em uma relação sexual para que seja possível a inserção no órgão genital da mulher.

A impotência ou disfunção erétil pode ser causada por diversos fatores físicos, psicológicos ou ambos. Cirurgias que danificam os nervos e vasos sanguíneos, doenças que afetam os nervos, doenças crônicas (como o diabetes, por exemplo) e problemas hormonais podem contribuir para essa condição, bem como o modo de vida da pessoa, vez que o consumo exagerado de bebidas alcoólicas e cigarros podem também ser causas da disfunção erétil.

Remédios naturais para impotência sexual

Alguns suplementos nutricionais, incluindo o aminoácido arginina, bioflavonoides, zinco, vitamina C, vitamina E têm sido utilizados para melhorar combater a impotência sexual.

L-arginina

L-arginina

O aminoácido arginina é um aminoácido básico. Sua estrutura é H2N-C-NH-[CH2]3-CH-COO

A arginina é um aminoácido que ocorre naturalmente no corpo e ajuda a aumentar a produção de óxido nítrico pelo organismo, um composto que facilita as ereções dilatando os vasos sanguíneos. Em 1999, pesquisadores que estudaram homens com disfunção erétil apontaram que 31% dos pacientes que tomavam 5 gramas por dia de l-arginina tiveram melhoras significativas na função sexual. Outro estudo de 199 publicado na revista BJU International descobriu que altas doses de l-arginina podem ajudar a melhorar a função sexua em homens com níveis anormais de óxido nítrico no metabolismo. Já um estudo publicado em 2003 no Journal of Sex & Marital Therapy, cientistas búlgaros concluíram que um suplemento de arginina (1,7 gramas por dia) juntamente com picnogenol (pycnogenol, um produto vegetal da árvore da casca do pinho), restabeleceu a capacidade sexual em 80 por cento dos pacientes em dois meses e 92,5% depois de três meses.

Dehidroepiandrosterona (DHEA)

DHEA

DHEA

A dehidroepiandrosterona (DHEA) é um hormônio natural produzido pelas glândulas supra-renais que pode ser convertido em estrogênio e testosterona no organismo. O Massachusetts Male Aging Study mostrou que homens com disfunção erétil eram mais propensos a ter baixos níveis de DHEA. Quarenta homens com impotência sexual participaram de outro estudo publicado em 1999, onde metade recebeu 50 mg de DHEA enquanto outra metade recebeu um placebo uma vez ao dia durante 6 meses. Aqueles que recebem o DHEA eram mais propensos a alcançar e manter uma ereção.

Zinco

Zinco

Zinco

O zinco é um mineral encontrado em grande quantidades em alimentos, incluindo a carne vermelha, carne de aves, feijão e cereais. Pesquisas apontaram que baixos níveis de zinco podem estar ligados a problemas relacionados a impotência sexual. A deficiência de zinco também pode reduzir os níveis de testosterona e dihidrotestosterona.

L-carnitina

L-carnitina

L-carnitina

A L-carnitina é um composto envolvido no metabolismo energético no corpo. Ela é produzido naturalmente no corpo, mas também é encontrada em alguns alimentos de origem animal e em forma de suplemento. Duas formas de L-carnitina (propionil-L-carnitina e acetil-L-carnitina) podem beneficiar os homens com impotência e melhorar a função sexual. Um estudo publicado na Current Medical Research and Opinion testou a eficácia dos suplementos de l-carnitina em homens com disfunção erétil e diabetes. Após 24 semanas, o grupo que recebia l-carnitina e utilizava viagra (50 mg duas vezes semana) obteve melhores resultados do que aqueles que usavam o viagra isoladamente.

Niacina

Niacina (vitamina B3)

Niacina (vitamina B3)

De acordo com um estudo publicado no Journal of Sexual Medicine , a niacina ou vitamina B3 pode ajudar homens com disfunção erétil que também sofrem com colesterol alto. Os resultados indicaram que homens que tinham disfunção erétil moderada ou grave relataram uma melhora em sua capacidade de manter uma ereção depois de tomar um suplemento de niacina por 12 semanas. A dose inicial foi de 500mg de niacina todas as noites. Depois a dose diária foi aumentada para 1000 mg por dia e, depois de seis semanas, quando tolerada, 1500mg diárias, mantendo-se assim até o final do estudo. O efeito colateral mais comum foi o rubor da pele e coceira. Contudo, mais estudos são necessários.

Effect of oral administration of high-dose nitric oxide donor L-arginine in men with organic erectile dysfunction: results of a double-blind, randomized, placebo-controlled study.
Treatment of erectile dysfunction with pycnogenol and L-arginine.
Dehydroepiandrosterone in the treatment of erectile dysfunction: a prospective, double-blind, randomized, placebo-controlled study
Natural Remedies for Erectile Dysfunction. About.


 

74
COMPARTILHAMENTOS



  • Categorias: Afrodisíacos, Medicina Alternativa, Saúde do Homem.
    Revisado e atualizado em 05.12.2014.