Aloe vera (BABOSA)

ALOE VERA

Nomes populares

Babosa, aloe-verdadeira, aloe-de-queimaduras, sábila (espanhol).

Sinônimos botânicos

Aloe barbadensis Miller, Aloe indica, A. perfoliata, A. vulgaris, A. perryi, A. forbesii, A. inermis, A. scobinifolia, A. sinkatana, A. striata.

Família

Asphodelaceae

Partes usadas

Gel interno das folhas.

Usos tradicionais da Aloe vera

Principais: acne, cicatrização de feridas, erupções cutâneas, herpes genital, perda de peso, prisão de ventre, psoríase, queimaduras de fogo, queimaduras de sol.

Secundários: aftas, assaduras, amenorreia, artrite, câncer, caspa, cortes, cicatrizes, constipação, dermatite, diabetes, eczema, feridas, fissuras anais, gengivites, heras-venenosas, herpes, lombriga, psoríase, sarna, tuberculose, úlceras, varizes.

Propriedades medicinais

Antibacteriano (impede ou inibe o desenvolvimento de bactérias)
Antifúngico (previne e trata micoses)
Anti-inflamatório (combate a inflamação nos tecidos)
Colagogo (contrai a vesícula biliar e estimula a evacuação da bílis para o intestino, facilitando a digestão de alimentos gordurosos)
Demulcente (protege as membranas mucosas e alivia as irritações)
Emenagogo (aumenta o fluxo menstrual ou provoca menstruação)
Emoliente (hidrata a pele e restaura a oleosidade perdida devido ao ressecamento. Usado em cremes hidratantes)
Laxativo (trata a constipação intestinal e a prisão de ventre)
Purgativo (facilita a evacuação das fezes)
Rejuvenescedor (restaura o vigor e aparência, retardando o processo de envelhecimento)
Tônico (favorece a digestão e pode até estimular o apetite em alguns casos)
Tônico Hepático (combate as deficiências que atrapalham o bom funcionamento do fígado e as doenças relacionadas)
Vermífugo (provoca a expulsão dos vermes que parasitam o intestino)
Vulnerário (promove a cura e cicatrização de cortes e feridas)

Fitoquímicos

A Aloe vera possui em torno de 12 antraquinonas como a aloína, isobarbaloína, antraceno, emodina, éster do ácido cinâmico, ácido crisofânico, barbolina, antranol, ácido aloético, aloe-emodina, óleo etéreo e resistanol. A mistura de ingredientes ativos da babosa é chamada de aloína, obtida a partir do gel das folhas e responsável pelas plantas curativas da folha.

Curiosidades

– Existem mais de 350 espécies do gênero Aloe.
– Agave perene originária das ilhas do Oceano Índico, Caribe e África.
– Possui folhas carnudas com espinhos ao longo das bordas e crescem aproximadamente um pé de altura.
– Cresce preferencialmente em locais quentes, ensolarados e ligeiramente secos.
– Acredita-se que Cleópatra (rainha do Egito Antigo) tenha usado a agave na pele para preservar sua beleza e juventude.

Conteúdo relacionado

Babosa: benefícios e propriedades medicinais
Benefícios da Aloe vera
Benefícios do gel e creme de Aloe vera para a pele
Benefícios do suco de babosa
Benefícios do shampoo de babosa

Referências:
Heinerman, John. Heinerman’s Encyclopedia of Healing Herbs & Spices. Parker Pub., 1995.
Ford, Paul F. Companion to Narnia, Revised Edition: A Complete Guide to the Magical World of CS Lewis’s The Chronicles of Narnia. Zondervan, 2005.
Stuart, Malcolm. The encyclopedia of herbs and herbalism. London: Orbis Publishing 304p.-Illus., col. illus.. Geog, 1979.
Koh, Hwee Ling. A guide to medicinal plants: an illustrated, scientific and medicinal approach. World Scientific, 2009.
Aloína. UltraFarma.

Comentários

Comentar