Tratamento Natural: AsmaA asma é uma doença pulmonar crônica inflamatória das vias aéreas, caracterizada pela dificuldade em respirar, devido à redução ou obstrução do fluxo de ar, bem como chiado, tosses, falta de ar, sensação de aperto no peito e, muitas vezes, acompanhada por sintomas extremos de ansiedade, devido à incapacidade de respirar. O aparecimento da asma está ligado a fatores genéticos e ambientais e seu aumento nos últimos anos decorre principalmente no aumento da poluição das grandes cidades. A asma se manifesta através de crises de falta de ar devido a hiperprodução de muco nas vias aéreas e a contração da musculatura lisa das vias aéreas, com consequente diminuição de seu diâmetro (broncoespasmo).

O café (Coffea arabica) em quantidades moderadas pode ser útil para aliviar o congestionamento causado por resfriado, alergias ou asma. A cafeína é relacionada com a dimetilxantina teofilina, um fármaco do grupo dos antiasmáticos. Um copo de café forte aumenta a circulação e acelera o metabolismo. Algumas substâncias presentes no café, incluindo a teobromina e a teofilina, facilitam a circulação de ar para o pulmão e inibem o broncoespasmo (contração da musculatura dos brônquios que dificulta a respiração), aliviando a tosse na bronquite e facilitando a respiração.

O alho e a cebola, ingredientes tradicionais na culinária brasileira, têm sido muito utilizados para tratar a bronquite, alergias e asma, podendo ser consumidas em chás ou sopas. Alguns óleos essenciais, como o de alecrim, podem bloquear a constrição das vias aéreas induzida pela histamina, químico responsável por alergias. O Ginkgo biloba, erva conhecida por ser um ótimo estimulante cerebral, já foi apontado como inibidor da liberação da proteína responsável por causar espasmos bronquiais.

Tradicionalmente, inalações a vapor são os métodos mais indicados por herbalistas para melhorar a respiração. O eucalipto expande os pulmões e estimula a respiração, aumentando o oxigênio nas células.

A efedra, planta precursora da efedrina, também já foi muito utilizada em forma de chá para aliviar ataques de asma. No caso, é utilizada a planta inteira, e não somente o extrato de efedrina e pseudoefedrina, que são perigosos e podem acelerar rapidamente a frequência cardíaca. A efedra possui fortes efeitos antiespasmódicos e age para dilatar as vias aéreas, e atua rapidamente no alivio de edema de mucosas. É um estimulante semelhante a adrenalina, possuindo um efeito notável sobre as fibras musculares lisas. No entanto, a substância efedrina é atualmente é proibida em território nacional.

Outros remédios caseiros e naturais também são usados para prevenir o aparecimento da asma. O mel, tomado junto com o leite morno, antes de dormir, pode ajudar a controlar os ataques de asma em algumas pessoas. A asma sazonal pode ser aliviada quando consumido um copo de leite fervido com oito a dez dentes de alho. Depois de esfriado, o alho deve ser retirado para que o leite possa ser tomado. Tal método é muito utilizado para tratar naturalmente a asma sazonal, muito comum, principalmente no inverno.

Alguns nativos americanos fumavam as folhas de lobélia, também conhecida como tabaco-indiano, para aliviar a asma. A urtiga é um antiasmático, e o suco das raízes ou folhas da planta, misturada com mel ou açúcar, ou a queima e inalação das folhas secas, aliviam os sintomas da asma e bronquite.




  • Comentar

    O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

    RESUMO:

    A asma é uma doença pulmonar crônica inflamatória das vias aéreas, caracterizada pela dificuldade em respirar, devido à redução ou obstrução do fluxo de ar, bem como chiado, tosses, falta de ar, sensação de aperto no peito e, muitas vezes, acompanhada por sintomas extremos de ansiedade, devido à incapacidade de respirar. O aparecimento da asma […]